Emagrecer com Saúde

4 formas originais de preparar a quinoa e que você fique perfeita

Agora que temos quinoa disponível praticamente em qualquer supermercado, ervanário, etc., a sua popularidade tem crescido como a espuma, mas também as dúvidas sobre como cocção.


A quinoa, apesar de não ser um cereal (é um pseudocereal) é cozido como o arroz, o milho ou o cuscuz. São pequenas sementes que necessitam de um processo para torná-los comestíveis.


Além do trigo


O primeiro que temos que fazer, se quebrar as sementes cruas é tomar uma porção, que vamos cozinhar e lavar.


Não é que venha suja, é que as sementes são revestidas de umas substâncias chamadas saponinas que a própria planta produz para sua proteção, mas que dão um sabor amargo e desagradável. Durante a coleta e processamento de quinoa são excluídos parte das saponinas, mas em casa é preferível dar-lhes uma lavagem antes de cozinhar.


Basta colocar a quinoa (por exemplo, 1 copo) em um coador fino e lavar as semillitas sob a torneira. Depois escúrrelas muito bem.


A quinoa está acontecendo muito rápido, não é necessário deixá-la de molho. Mas podemos remojarla para obter outras formas de quinoa comestível.


1. Rejuvelac


O rejuvelac é um líquido, produto da fermentação de cereais ou sementes inteiras, muito rico em probióticos, que nos serve, principalmente, para fermentados e queijos veganos caseiros (de castanha de caju, amêndoas, etc), mas também se pode tomar como uma bebida. Seu sabor é ácido, mais ou menos como a água do repolho.


Enzimas e probióticos juntos


Preparação



  1. Uma vez limpas as sementes e coloque-as em um pote grande e adicione água até satisfazê-las por completo. Em lugar da tampa coloque uma tela fina (musselina ou um trapito fino) com uma borracha. Deixe repousar 4-8 horas em um lugar quente (mas onde não dá o sol).

  2. Abre o pote, puxa a água, lava-se com cuidado as sementes e adicione água de novo, o suficiente para hidratarlas (não remojarlas). Volte a tapar com o pano e deixe-o de 12 horas a 3 dias, em um lugar quente (que não lhe dê o sol), até que as sementes germinem e saiam pequenos brotecitos. Lembre-se lavá-lo um par de vezes ao dia e voltar a colocar só um pouquinho de água, o suficiente para molhar as sementes, até que surgirem.

  3. Uma vez germinadas, você pode separá-las em vários potes. Para cada xícara de quinoa que temos usado há que acrescentar 1,5 litros de água, assim que você pode colocar metade em 2 garrafas de litro e meio e adicionar 750 ml de água em cada uma.

  4. Tápalo de novo com o tecido e uma corda ou borracha, e deixe-1-3 dias em um lugar quente, longe do sol, desta vez sem trocar a água, até que esta tenha uma cor esbranquiçada.

  5. Coe o líquido e guarda-se em frascos bem fechados na geladeira. Se vai durar 1 semana.

2. Base para fazer pão


Para o rejuvelac ficamos com o líquido, mas o que fazemos com as sementes?


Podemos usá-las de várias formas, como faríamos com outros cereais fermentados. Por exemplo, você pode batirlas com a batedeira e usá-las como base para fazer pães, junto com a massa mãe. A mistura é fantástica e dá os pães, sejam planos ou grossos, um sabor e aroma mais acentuados a frutos secos e sementes.


Na cozinha indiana utilizados grão fermentado para fazer por exemplo, dosas, um tipo de pão achatado.


3. Germinados de quinoa


Os surtos de quinoa são muito pequenos, mas fazem parte da semente muito saborosa e permitem que a usemos em saladas, ensaladillas e pratos frios em que você deseja adicionar um extra crocante e fresco.


Para germinar a quinoa só tem que seguir os primeiros passos da receita anterior. Quando saírem brotos pode experimentar umas semillitas e se quiser mais tenras deixar, pelo menos, 8 horas. Os brotecitos também irão crescendo.


Uma vez que eles atinjam o tamanho e sabor que você gosta, salve escorrido na geladeira. Se vai durar 3 a 4 dias.


A quinoa germinada pode-se usar como o arroz, o trigo, o milho, etc., Pode usá-lo para fazer massas de almôndegas e hambúrgueres veganas, como recheio de tortas e pastéis, a modo de couscous (misture-o com couscous integral cozido), etc.


4. Prepara a quinoa inflado


Em muitas lojas vendem quinoa inflada ou inchado, é a mesma quinoa mas leve e crocante. Não há falta cocerla nem aquecimento, pode-se usar diretamente sobre, por exemplo, um iogurte (ou um pequeno-almoço inteiro), para fazer chocolate crocante, pães, etc.


Fazer quinoa torcida em casa é fácil, mas tem a sua técnica, assim que é apropriado praticar.


Ideias originais


Preparação



  1. Primeiro você tem que lavar a quinoa, escurrirla muito bem e secar. Para isso a colocamos em uma assadeira, estirándola tudo o que pudermos, para que não fiquem grumos, e levar ao forno a temperatura mais baixa do que temos. O seu é 50 ° C ou menos. Se não, deixe a porta do forno entreaberta.

  2. Vigílalo a cada poucos minutos e remuévelo até que a quinoa estiver seca. Não tem que dorarse nem apanhar, só secar.

  3. Uma vez seca, é feito como as pipocas caseiras (mais ou menos). Coloque uma panela grande em fogo médio-alto. Para verificar se está quente, você pode deixar cair umas bolinhas de quinoa.

  4. Coloque a quinoa em uma panela já quente e abafado e dirija-a toda, de vez em quando. As sementes foram tostarán, inflarán e algumas se encham.

  5. Quando tenham crescido todas, sácalas e deixe que arrefeçam.

Vote nesse post